Universidade adventista integra projeto de cultivo de batatas

0 54
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Kingston, Jamaica… [ASN] A Universidade Norte-Caribenha (NCU, na sigla em inglês), instituição dirigida pela Igreja Adventista do Sétimo Dia na Jamaica, assinou recentemente um Memorando de Entendimento com o governo do país para implementar um programa de propagação in vitro de sementes de batata.

A parceria foi firmada entre a instituição de ensino, o Ministério da Indústria, Comércio, Agricultura e Pesca, o Fundo de Investimento Social da Jamaica e o Conselho de Pesquisa Científica, em Kingston.

As instituições usarão o laboratório da NCU para ajudar na produção de cerca de 800 mil germens da cultura de tecido de batata com micros tubérculos. O programa terá um financiamento de mais de 141 mil dólares nos próximos 12 meses.

Karl Samuda, Ministro da Indústria, Comércio, Agricultura e Pesca da Jamaica reforçou que a iniciativa reduzirá drasticamente as despesas com importações de batatas. “Isso nos colocará no caminho certo, o mais breve possível, para que possamos poupar os 4 milhões de dólares que gastamos com a importação de batatas”, Samuda.

“Este é um programa novo em biotecnologia que aprimorará nosso programa estudantil de graduação e de pós-graduação e, ao mesmo tempo, proverá assistência para o setor agrícola, quer em materiais quer em tecnologia”, destacou o doutor Vicent Wright, reitor da Faculdade de Ciências Natural e Aplicada, Saúde e Enfermagem Associadas. Ele acrescentou que o projeto também trará renda para a universidade.

Colaboração

A universidade é nacionalmente conhecida pela longa história de sua Faculdade de Ciências Natural e Aplicada, Saúde e Enfermagem Associadas na área de pesquisa em agricultura, nutracêuticos e em outras áreas da pesquisa ligadas a estas áreas.

“Nosso laboratório na NCU precisaria de apoio para executar esse projeto especializado, mas a agência governamental, contudo, financiou a compra do equipamento necessário para os laboratórios da NCU e duas outras organizações envolvidas na produção de germinação de batatas”, explicou Wright.

Palestrantes e alunos de pós-graduação da instituição estão ativamente engajados na pesquisa, que tem implicações nacionais de segurança alimentar, incluindo um relacionamento próximo com as agências científicas e governamentais da Jamaica.

A NCU será responsável pela produção e comercialização da quota de 266 mil germens da cultura de tecido, pela promoção do programa de sementes e pela transferência da tecnologia de propagação in vitro para as futuras partes interessadas no programa de sementes de batatas em Manchester, região central do país.

Os administradores da universidade estão felizes de que a NCU seja um parceiro-chave no projeto de cultura de batatas e logo estará plantando nas fazendas em Goshen, St. Elizabeth, e auxiliando os agricultores locais em Manchester. [Equipe ANN, Nadeen Campbell]

Universidade adventista integra projeto de cultivo de batatas

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.